Decadência do Império Romano e a Formação dos Reinos Europeus

Publicado em 2 de agosto de 2018 às 5:49 PM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
Vídeo

CONTEÚDO – Decadência do Império Romano e a Formação dos Reinos Europeus.

OBJETIVO – Proporcionar a (ao) estudante em abordagem contextualizada aprendizagem sobre o conteúdo temático que consiste em começar por entender o império romano que é marcado pelo expansionismo militar, e as tensões sociais entre patrícios e plebeus; a formação de uma nova camada social, a dos homens novos (comerciantes), as novas leis que surgiram como consequência dos conflitos sociais e as constantes guerras com seus vizinhos, sendo importante acrescentar a proletarização e o aumento populacional nas zonas urbanas, intensificando, com isso, a miséria das camadas pobres, constatando-se que nesse contexto se assiste a ascensão e poder da figura dos cônsules ditadores, como comandantes supremos da vida política e religiosa de Roma; a anarquia militar, as invasões de outros povos e as constantes guerras civis, crises essas que levaram Roma ao declínio, ao nascimento da religião cristã, às perdas territoriais e a divisão do império entre ocidente e oriente; portanto, constituem-se ainda em objetivos dessa aula:

- identificar os principais motivos, internos e externos, que levaram ao declínio e à queda do Império Romano;

- analisar o papel desempenhado pelos germanos “romanizados” no período das invasões;

- identificar geograficamente as principais regiões ocupadas pelas tribos germânicas e caracterizar as formas pelas quais se deram as invasões.

  • Ensino Médio
  • História
  • Humanas
  • 1ª Série

  • Selma Reis
  • Terpsychore Quirino

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica.

9 de julho de 2018

Atribuição-NãoComercial-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)