Brasil: A Primeira República – Movimentos Sociais

Publicado em 13 de março de 2017 às 4:52 PM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
Vídeo

CONTEÚDO (S): Brasil: A Primeira República – Movimentos Sociais. OBJETIVO(S): Identificar os marcadores sociais das diferenças na produção e reprodução das desigualdades (de gênero, sexualidade/orientação sexual, raça/etnia, geração). Nesta aula, analisaremos os movimentos sociais deflagrados durante a Primeira República, a partir do contexto de permanência de misérias e insatisfações dos diversos setores da sociedade brasileira que vieram a se mobilizar, trazendo à tona todo o inconformismo que então se fazia presente. Refletiremos que neste período, campos e cidades foram, então, tomados por inúmeras revoltas populares, demonstrando como os parâmetros jurídicos que limitavam a participação política à época não impediram, na prática, a atuação dos mais distintos grupos sociais. Apresentaremos as características essenciais dos principais movimentos sociais deste período, ressaltando que ainda hoje a concentração de terras se apresenta como o principal ingrediente motivador das rebeliões que ocorreram nos campos brasileiros na passagem do século XIX para o XX. A exploração da mão de obra camponesa e as dificuldades de acesso à propriedade rural podem ser encontrados, assim, nas origens da “Revolta de Canudos”, da “Guerra do Contestado” e do movimento do “Cangaço”.

  • Ensino Médio
  • História
  • Humanas
  • 3ª Série

Miriã Fonseca, Orlando Santos

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica

8 de março de 2017

Atribuição-NãoComercial-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)