A Perseguição à Cultura Afro-Brasileira no Brasil do Século XX

Publicado em 12 de setembro de 2019 às 4:21 AM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
Vídeo

CONTEÚDO(S): A perseguição à cultura afro-brasileira no Brasil do século XX. OBJETIVO(S): Perceber como a cultura afro-brasileira foi tratada pelo Estado republicano brasileiro, bem como os meios de legitimação e resistência utilizadas pelos afro-descendentes. O pós abolição da escravatura no Brasil não integrou os afro-brasileiros à sociedade livre e ao mercado de trabalho. Somente em 1930, é que o Estado Varguista, para formular um conceito de nação que atendesse aos interesses políticos do Brasil, iniciou uma política de inserção do afrodescendente ao mercado de trabalho formal, elencando quais os aspectos que serviriam para uma cultura brasileira ainda marcada pelo higienismo social. Desta forma, as manifestações culturais e religiosas afro-brasileiras sofrem entre a perseguição policial, com uma tácita aceitação pelo Estado na tentativa de tornar os afro-brasileiros, força motora das atividades econômicas do governo.

  • Ensino Médio
  • História
  • Humanas
  • 3ª Série

  • RODRIGO LOPES
  • ORLANDO SANTOS
  • SELMA REIS
  • MIRIÃ FONSECA
  • TERPSYCHORE QUIRINO
  • GRACIONE BATISTA

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica

5 de setembro de 2019

Atribuição-NãoComercial-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)