Movimentos Emancipacionistas: Conjuração Mineira

Publicado em 3 de janeiro de 2019 às 6:05 AM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
Vídeo

CONTEÚDO - Movimentos Emancipacionistas: Conjuração Mineira.

OBJETIVOS -  Proporcionar ao aluno(a), em abordagem contextualizada, aprendizagem sobre o conteúdo temático, a partir do entendimento de que em meados do século XVII e começo do século XVIII surgem os movimentos nativista que apesar de constituírem movimentos exclusivamente locais, não visavam a separação política Brasil-Portugal. Os movimentos separatista, como a Inconfidência Mineira e Conjuração Baiana surgem na segunda metade do século XVIII. A Inconfidência Mineira ou Conjuração Mineira foi uma tentativa de revolta abortada pelo governo em 1789, em pleno ciclo do ouro, na então capitania de Minas Gerais, no Brasil, contra, entre outros motivos, a execução da derrama e o domínio português. Foi um dos mais importantes movimentos sociais da História do Brasil que significou a luta do povo brasileiro pela liberdade, contra a opressão do governo português no período. Portanto, constituem-se ainda em objetivos dessa aula:

- compreender as mudanças político-administrativas e os mecanismos de controle e tributação impostos pela metrópole na região das Minas Gerais;

- caracterizar a Conjuração Mineira, analisando os motivos que levaram ao levante, seus objetivos e composição social.


  • Ensino Médio
  • História
  • Humanas
  • 1ª Série

Orlando Santos, Miriã Fonseca

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica

12 de novembro de 2018

Atribuição-NãoComercial-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)