Revoltas Sociais no Período Regencial

Publicado em 15 de junho de 2016 às 2:04 PM por EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica
Vídeo

CONTEÚDO:  Revoltas Sociais no Período Regencial. OBJETIVO:  Conhecer as formas de sociabilidade que marcaram o cotidiano de diferentes grupos que compõem a sociedade brasileira entre os séculos XIX e XXI. As Revoltas Regenciais foram rebeliões que ocorreram em várias regiões do Brasil durante o Período Regencial (1831 a 1840). Aconteceram em função da instabilidade política que havia no país (falta de um governo forte) e das condições de vida precárias da população pobre, que era a maioria naquele período. A possibilidade de guerra civil total colocava em risco, por exemplo, o próprio sistema escravista, uma das bases da sociedade imperial. A regência de Araújo Lima possibilitou a junção das forças da aristocracia rural no combate a esses levantes sociais. As principais rebeliões do Período Regencial foram a Cabanagem, Malês, a Farroupilha, a Sabinada e a Balaiada.

  • Ensino Médio
  • História
  • Humanas
  • 2ª Série

Orlando Santos, Selma Reis, Terpsychore Quirino

EMITEC - Ensino Médio com Intermediação Tecnológica

30 de maio de 2016

Atribuição-NãoComercial-SemDerivados CC BY-NC-ND

0 comentário(s)